Projeto A – Semanas 9 e 10 – Modo Berserk de Escrita

As últimas duas semanas foram tipo, fodas.

No dia vinte e quatro de setembro eu, por algum motivo que não sei qual, resolvi mudar meus hábitos. Ao invés de vir para casa, fui para o shopping e comecei a escrever no caderno. Escrevi as cinco páginas que eu precisava escrever para suprir a minha meta. Então, cheguei em casa, vi que ainda tinha tempo, escrevi uma página de um conto, uma página de planejamento do cenário e ainda passei quinhentas palavras do caderno para o PC.

Vi que a coisa estava funcionando, resolvi experimentar o mesmo na semana que iniciou outubro. Então, mesmo não sendo semana de escrever no caderno, saí do trabalho e fui para o shopping. Chegando lá, na solidão de estar cercado por estranhos, escrevi três paginas do livro no caderno, mais uma página de um conto e mais uma página de história do cenário (estou escrevendo como a nobreza foi mudando com o passar do tempo). Voltando para casa, li, passei 1500 palavras para o PC e fui dormir. Fiz isso todos os dias. Sem exceção.

Essas duas semanas eu tava tipo em berserk writting mode.

Quando paro para olhar minha produção nesse período, eis as contas: aproximadamente 9000 palavras (o que era a meta para 4 semanas), mais de quarenta páginas de caderno, sendo 35 do projeto steamlesspunkless, 10 de um conto pseudo lovecraftiano e 10 de planejamentos do cenário.

Meu progresso foi tipo. Foda. Pretendo continuar nesse ritmo a partir de agora (com exceção nos dias que eu for escrever para o blog, nos quais escreverei algo que não é o “principal” da semana). Então, ainda continuarei com a ideia de uma semana no caderno, outra semana no PC. Só que agora, mesmo quando não for a semana do caderno, por exemplo, ainda escreverei um pouco nele (três paginas do projeto, ao invés de cinco).

O tempo tem estado bem apertado e eu tenho ficado extremamente cansado, no entanto, tem compensado tanto que, mesmo pensando toda hora o quão exausto eu estou, ainda assim continuo com o trabalho.

Bom, nessas duas semanas de escrita modo berserk eu terminei o capítulo quinze e terminei o dezesseis, dessa forma, completei os capítulos que compreendem um dos “grupos” da primeira parte do livro. O quinze ficou bastante grande, o maior capítulo até agora. Tem quinze mil palavras, o que é mais que o dobro da média. Eu poderia deixar ele assim, mas por querer uma métrica mais ajeitadinha e também por achar que o tamanho não vai colaborar com o ritmo da história, resolvi dividi-lo em dois. Nesse ponto caberia dizer que foi a primeira grande mudança na estrutura da história…

Só que não foi. Eu já havia previsto essa possibilidade e planejei salvaguardas para as três partes do livro, subcapítulos que eu poderia acrescentar para continuar com aquela organização de “cap. grupo 1”, “subcap”, cap. grupo 2”, “subcap”… O maior problema foi encontrar um segundo capítulo para cortar pela metade, para, assim, ajeitar as coisas. Mas pensando um pouco e olhando o tamanho das coisas, não tive muita dificuldade.

Terminando o lado do grupo 2, voltei aos capítulos do grupo 1, começando com o capítulo onze. Foi um momento do livro um pouco complicado de escrever, em parte porque que havia deixado de lado os personagens por um tempo, em parte porque eu achei um pouco complicado escrever sobre uma “luta num coliseu” (não é bem isso, mas quase isso), sem que parecesse clichê, ou idiota, e ao mesmo tempo mostrar bastante dos personagens que nem mesmo estão na tal luta. A verdade é que eu sequer comecei a escrever o combate do torneio que acontece, mas ainda assim a, digamos, introdução a ele saiu um pouco complicada. Mas eu já esperava.

No mais, escrevi também um conto curto no domingo, chamado Arauto da Primavera. Escrevi ele para participar da atividade quinzenal da Fábrica de Sonhos, idealizada pela Ana Cristina Rodrigues. Foi um conto bem diferente do que escrevo normalmente, por ser bastante poético e também por falar sobre a primavera. Em geral, gostei do resultado, mesmo estando um pouco confuso, está confuso de um jeito interessante. Postarei ele aqui essa semana.

Ah, minha meta para esse quarteto de semanas é escrever 20.000 palavras. Eu tenho quase certeza de que consigo e, mesmo que não consiga no novo ritmo que entrei, vou dar uma forçadinha para chegar a essa meta insana (insana para mim ao menos, Anne Rice escreveu Entrevista com o Vampiro em uma semana). Não sei se nos próximos meses seguirei com essa de vinte mil a cada quatro semanas, mas avaliarei a possibilidade de acordo com como me sair nessa leva de agora.

Na próxima semana provavelmente postarei uma novidade para o blog. Então, metade que lê essas coisas e ainda não sabe o que vai ser, fique de olho. ;)

Período: 24 de setembro a 7 de outubro

Total de palavras no período: 9040

Páginas no caderno: 156

Total de palavras no livro: 59.068

Renan Barcellos, que nem almoçado tinha

e que tentava sair da matrix

Anúncios

2 comentários sobre “Projeto A – Semanas 9 e 10 – Modo Berserk de Escrita

  1. Tenho buscado a quieto dos lugares públicos, também, e tenho gostado. Mas ainda não consegui entrar em modo berserk.

    Acho que o conto da primavera merece uma ilustração! o/

  2. Interessante, se eu fizesse isso em um dos shops aqui da cidade provavelmente os seguranças me convidariam a sair =/ (sim estou falando sério, não gostam de ninguem na praça de alimentação que não esteja consumindo e é o único local que se tem pra sentar e fazer algo).
    Me fico perguntando se toda essa quantidade de palavras vai sobreviver quando você começar a revisão de tudo. Mas não desista Foquinha \o/ espero pela novidade (faz parta da metade que não sabe o que vai acontecer).
    Quero ler esse conto depois.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s