Projeto SteamlessPunkless A – Semana 16 – Fim do quarto mês de trabalho

Período de 12/11/12 a 18/11/12

Em relação ao projeto SteamlessPunkless, essa semana tudo correu bem. Talvez não exatamente bem, mas eu consegui manter-me na meta e cheguei a marca de 90.000 palavras. Acho que o maior problema foi que no meio da semana acabei sendo acometido pelo mal da preguiça e deixado pra passar depois as coisas para o PC. Acabou que sábado eu tinha ainda 5.000 palavras para passar do caderno para o Word. Podia ter feito 2.500 em cada dia, mas acabou que no domingo tive que passar 3.750.

Bom, eu consegui cumprir minha meta mensal de 20.000 palavras (na verdade perto disso, escrevi umas 100 a menos pra ficar próximo de um numero arrendondado e facilitar contagem) e sei lá quantas palavras no Word, mas ainda assim, senti que minha semana foi um pouco desperdiçada. A explicação é: O feriado.

Não que eu tenha viajado ou coisa do gênero, mas ficando em casa o dia todo, tendo mais tempo disponível, eu acabo desperdiçando esse tempo e faço MENOS do que eu faria se tivesse com um dia cheio. Acabou que não consegui me dedicar a projetos paralelos ou à escrita da resenha que eu tinha mencionado querer fazer. Acabei escrevendo 6 paginas a menos de caderno do que deveria… mas sinceramente, estou tão a frente no caderno do que no word que me deixou ter essa regalia… Ou seja, no caderno, virtualmente, escrevi bem mais de 20.000 palavras esse mês.

De qualquer forma, done is done. E a ultima semana não foi desprovida de coisas interessantes.

Porque papel velho é legal.

A primeira delas é que consegui pensar em boas coisas para melhorar toda a questão do aumento de ritmo e mudança de clima que eu queria para a segunda parte do livro. Vou manter a idéia de diminuir o tempo passado no Trapeixe, mas ainda vão ter bem uns três capítulos que se passam lá.

Essa será a primeira grande mudança em relação ao planejamento que eu tinha feito. Que na verdade não é tão grande assim, vão acontecer as mesmas coisas praticamente, só que com alguns eventos trocados de ordem, umas cenas a mais e alguns elementos para intensificar o clima e a tensão.

Isso significa que meu planejamento deu errado? Pelo contrário, significa que ele deu mais que certo! Não tivesse feito ele, eu teria me embrenhado às cegas na segunda parte do livro e acabaria por me perder! Cumpriu muito bem sua função, que seria me ajudar a detectar e corrigir problemas na plot e no desenrolar da trama antes que eu já tivesse escrito meia centena de milhar de palavras que precisariam ser completamente reescritas.

Devido a essa guinada, resolvi que essa semana tiraria uma pequena folga. Na verdade, não é bem folga. Em vez de escrever no livro, voltarei um pouco às anotações e irei escrever novos resumos para os próximos capítulos. Já escrevi um resumo do resumo da segunda parte inteira. Vai até o capítulo 42, então tem um novo “interlúdio” com pouca conversa e muita porrada e correria. Depois as grandes revelações e capítulos finais do livro. Estou confiante de que não passarei de 55. Embora eu tenha esperanças que, sem contar com os epílogos dos personagens, não passarei de 50 capítulos. (a quem estou enganando, devem chegar a 60 =( )

Uma coisa interessante dessa mudança toda é que talvez, caso seja absolutamente necessário, seja possível dividir o livro em dois. Embora eu sinceramente não queira fazer isso.

Ah. Eu decidi que eu preciso de descanso as vezes. Na verdade, nem descanso, tempo para refletir, por leituras em dia, pesquisar, pesquisar, pesquisar e dar uma olhada em outros projetos. Portanto, depois de todo período de quatro semanas, tirarei uma folga da escrita do livro e lerei bastante e assistirei filmes e trabalharei em outras coisas. Preciso muito assistir filmes, estou com uma carência de referencia visual sobre a era vitoriana e sem tempo para assistir filmes.

Rex Velvet. Inspiração para um dos vilões.

No mais, as leituras continuam. O livro do Ken Follet está ficando cada vez melhor e o da Agatha Christie cada vez mais chato.

Grande novidade é que eu estava remoendo esses dias porque tinha a sensação de que alguma história estava por perto e eu ainda não tinha conseguido encontrá-la. Mas no fim do sábado, consegui finalmente encontrá-la. Pelo menos acho que encontrei. E agora estou pensando em todo um novo projeto complicado pra caralho. Vou precisar de muita pesquisa, para isso já reuni e comecei a ler dois livros de história e uma série de enciclopédias com 13 volumes. Tem outra série de enciclopédias que estou de olho, mas essa eu tenho que comprar. Não dá para falar muito ainda, mas esse projeto se passa no Brasil.

Em matéria de WorldBuilding do projeto steamlesspunkless, estou quase terminando a parte sobre a nobreza daraen. O conto de terror pseudo-lovecraftiano ficou sem progresso essa semana =(

Total de palavras no período: 8.737

Total de palavras no “mês” (estou contanto um mês a cada 4 semanas): 19.883

Páginas do caderno (somente em relação ao livro): 259

Total de palavras no livro: 90.005

Renan Barcellos, que não tinha almoçado

e  que sabia que sua tarefa também nunca terminaria

Anúncios

2 comentários sobre “Projeto SteamlessPunkless A – Semana 16 – Fim do quarto mês de trabalho

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s