Projeto Steamlesspunkless A – Semana 29 – Personagens, persongens

Período de 18/02/13 a 24/02/13  —–  Palavras no word: 138.310

Só pra não dizer que não tem imagem, aqui uma de o homem do castelo alto.

Essa semana passada eu voltei ao meu ritmo normal. E devo dizer que consegui cumprir todas as metas que eu tinha. Continuei com a escrita do livro, seguindo o esquema de 1000 palavras diárias escritas usando o Q10. Consegui com isso um bom avanço no capítulo 28, na verdade terminando ele.

Minha opinião sobre o capítulo 28 está um pouco dividida, a primeira cena (que toma a maior parte dele) é apenas a conversa entre dois personagens e o resultado dela. Nela acho que mostro bastante do ponto de vista de um dos personagens principais e também as motivações e personalidades de um dos meus personagens secundários preferidos até o momento. Ficou uma cena extensa, mas eu gostei bastante do resultado e também me trouxe à tona muito material interessante que eu vou tentar explorar nas exaustivas revisões que terei.

A segunda cena, foi apenas dois outros personagens chegando até um lugar o qual eles estavam se dirigindo. Pra falar a verdade, foi uma cena que foi feita de maneira muito relapsa. Acho que em parte porque no momento em que fui escrever, eu tive a percepção de que algo que eu já havia escrito ficaria melhor neste momento do que no capítulo 25 onde estava originalmente inserido. Então acho que escrevi com um pouco de preguiça, mas me forcei a escrever ainda assim, pra ver o que poderia surgir de novo.

E devo dizer que surgiu. Umas noções interessantes para uma personagem que precisará ser mais explorada com as mudanças que pretendo fazer no livro. Acho que ela (é a Rahne, que eu mencionei brevemente no passado, só pra constar) deve ser quem eu mais terei problemas para lidar, não só porque é uma personagem feminina, mas porque tem coisas realmente complexas na sua história.

(o outro motivo de que a cena pode ter saído ruim é que tentei escrever 2k palavras em um dia, mas deixa isso pra lá).

Então, esse capítulo 28 foi legal porque me fez pensar no trabalho que eu vou ter em relação aos personagens. E acho que é um trabalho que vou gostar. Quando terminar de escrever a primeira versão do livro, pretendo reler tudo, ver como cada personagem está sendo apresentado e então anotar exatamente o que quero que seja mostrado deles, como eles vão mudar ao decorrer do livro e pontos de sua história que vão ser revelados. Isso é algo que eu já tinha feito, mas que percebi que mudou um pouco com o número de complexidades que foram adicionadas à trama e à própria história do cenário/ambientação que foi sendo desenvolvida aos poucos.

Além de avançar no livro, também escrevi bastante do conto Space Opera ainda sem nome que eu pretendo submeter à antologia da Draco (embora não tenha muita espectativa sobre ele). Eu não diria que é um conto bom, nos meus padrões de avaliar a coisa, mas é no mínimo divertido, eu estou me divertindo escrevendo e Dick Randy é um personagem legal. (além de eu me divertir a beça colocando um monte de referencias escrotas no meio do conto).

Outra coisa que eu tenho feito é toda manhã adicionar mais uma entrada na “time-line” do meu mundo (pra falar a verdade só da nação de Darai) e também escrever de meia a uma página sobre a história do lugar ou de alguma coisa relevante. É bem interessante porque vai gerando material que, mesmo que não apareça diretamente em história alguma, enriquece o livro por eu dominar melhor a ambientação e também citar eventos e personagens do passado (quem leu guerra dos tronos vai saber o que digo). E falando em personagens, tenho feito uma lista com “personagens históricos/importantes” que foram surgindo. No momento escrevi a entrada de 17 deles, mas acho que chega fácil a cinqüenta se eu pegar todo mundo que já citei ou mencionei em algum lugar (e isso só tratando de gente que já morreu).

Avancei um pouco no sknowflake do outro livro que estou planejando também. Pensei umas coisas bem legais para a história. Acho, (e espero que esteja certo) que vai ser uma obra bem mais simples do que a que estou escrevendo agora, mas não sem seu charme.

Em relação à leituras, estou lendo “O Homem do Castelo Alto”, que é uma ficção política que estou achando muito interessante e que até agora me interessou justamente pela parte mais simples da trama (dois sujeitos tentando fazer dinheiro com um novo tipo de produção artística americana). E também estou lendo “Volta ao mundo em 80 dias”, uma edição muito sympathica, com um português de antes de 1911 e eu comprei por um real em um sebo.

Bom, por hoje é isso. Acho que essa semana vou postar algo sobre algumas pequenas mudanças que pretendo fazer no blog. Não que vá realmente ter grande impacto ou coisa parecida e, apesar de toda semana querer desistir de fazer manutenção daqui, eu acabo me convencendo a escrever alguma coisa para o blog.

Renan Barcellos, que estava particularmente sonolento após o almoço

e que se lembrou de Lovecraft

Anúncios

2 comentários sobre “Projeto Steamlesspunkless A – Semana 29 – Personagens, persongens

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s