Zerando Minha Steam Semana 11 – Anachronox

Anachronox

Acabou que eu joguei pouco essa semana, mas consegui algum sucesso. Creio que estou bem perto do final do jogo. Calculo que só tenha mais um planeta para ir e então provavelmente uma volta a Anachronox para resolver a trama de Boots envolvendo a mafia. Esse meu cálculo é baseado que a média de tempo de jogo é 25 horas, segundo o site How Long to Beat.

Bem, depois que o planeta Democratus voltou ao seu tamanho original e salvou seus companheiros de uma morte dolorosa, os personagens acabaram espalhados pela sua superfície, sem nenhum contato um com o outro.

Começou com Sly Boots. Ele acordou ao lado de uma cidade que me lembrou bastante uma cidadezinha que pode ter saído da Rússia. Enfim, lá algumas pessoas haviam desaparecido, e para que o detetive não fosse acusado, já que chegara lá de forma misteriosa, acabou tendo que investigar a situação. Ou seja, mais Puzzles. A investigação foi rápida. Basicamente, tirar foto da cena do crime e entregar para o prefeit… digo, para o Burgomestre. Após isso, sendo obrigado a ir para a estalagem (o famoso Inn dos jogos de RPG), um sonho mostrou o passado de Boots.

Após isso, foi a vez de Paco Estrella, o super-herói conhecido como El Puño ser o protagonista. Em uma sequencia em que ele precisou salvar uma garotinha de um bombardeio, acabou recuperando sua crença de que ele pode ser um super-herói.

E claro, a femme-fatale do grupo, Stiletto Anyway, teve sua parte também. Foi a parte mais curiosa até. Tinham stormtroopers, ou quase isso e tinham… ewoks. Sim, tinham malditos ewoks. Felizmente, a missão dela acabou sendo matar os desgraçados.

No fim de tudo, o que envolveu atravessar três dungeons e matar três bosses com apenas um personagem, os personagens foram encontrados pelo conselho de Democratus e então retornaram para a estação onde os outros os esperavam.

Em geral, essa parte foi bem um interlúdio. Ela serviu principalmente para diminuir o ritmo do avanço da história e mostrar um pouco do background de Boots, principalmente sobre o dia em que Fatima morreu e Stiletto foi embora.

A parte mais curiosa, no entanto, foi a luta entre Boots e um chefão. Ela foi basicamente a ÙNICA maldita luta em que o sistema de movimentação que é usado nos combates serviu para alguma coisa. Nem por isso a luta foi menos chata. Mas a situação não deixou de ser engraçada, como sempre.

O jogo segue muito divertido e tem me dado vontade de escrever Space Opera.

Renan Barcellos, que estava bebendo café com leite e canela

e sim, tinha que ser desse jeito

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s