Mini-Projeto: A Última Torre – Parte 15 – Fim

“Sinopse”:  Este é um mini-projeto onde mostro passo a passo o desenvolvimento de um conto utilizando o método para “design” de histórias, snowflake. Mostrarei desde o primeiro passo, resumir a história em uma frase, até a escrita do conto propriamente dita. Para entender mais sobre o projeto leia a primeira postagem.

Aqui acaba o projeto da Última Torre. Na verdade, faltaria ainda escrever o conto, se já não tivesse feito isso por causa das datas da antologia da 9Bravos. Eu havia dito inicialmente que iria mostrar todo o processo do snowflake utilizando esse conto. No entanto é algo que não faria sentido e vou explicar o porquê.

A partir da sétima etapa, como vocês que leram tudo podem imaginar, o processo do Snowflake vai esmiuçando ainda mais as coisas. Eu iria na sétima iteração falar mais ainda sobre os personagens, detalhar tudo deles o que eu poderia e, dentro de uma história pequena, que não havia mais necessidade de expandir o histórico dos personagens. Principalmente porque o meu conceito de falar tudo o que for possível sobre um personagem, da forma como eu faço, envolve passar um mês respondendo perguntas em um documento que acaba com quase trinta páginas.

De certa forma eu poderia fazer isso, mas dentro dos processos que seriam válidos e úteis para um conto sem continuações, não há necessidade, podendo até atrapalhar, embora possa ser uma idéia interessante para desenvolver os personagens para serem usados posteriormente.

Continuar lendo

Mini-Projeto: A Última Torre – Parte 11

“Sinopse”: Mini-projeto onde mostro passo a passo o desenvolvimento de um conto utilizando o método para “design” de histórias, snowflake. Mostrarei desde o primeiro passo, resumir a história em uma frase, até a escrita do conto propriamente dita. Para entender mais sobre o projeto leia a primeira postagem.

Agora começo a sexta etapa do snowflake. Esta etapa é novamente sobre expandir o conteúdo da história. Aqui, é preciso transformar cada um dos quatro parágrafos que resumiam a história em uma pagina completa.

Nesta postagem, terá a pagina que foi escrita baseada no primeiro parágrafo, então dando seguimento, mostrarei as páginas subseqüentes.

=============================================================================

Iteração 6 – Parte 1

Por toda a sua vida os sonhos acompanharam Revan, no entanto, apenas com cinqüenta anos que a realização o atinge e ele percebe que aquele é o seu destino, que é o que precisa fazer. Sendo um dos mais confiáveis homens de armas da encruzilhada, um dos Guardiões da biblioteca, não foi difícil entrar nos cofres onde residia a chave da Última Torre, e ele a pegou sem remorso algum. Não poderia se arrepender, não depois de saber que os sábios haviam lhe contados mentiras por toda a sua vida, que ele havia trabalhado em ajuda a exatamente aquilo que pensava combater. Contudo, Revan não imaginava que seria descoberto tão rápido.

Continuar lendo

Mini-Projeto: A Última Torre – Parte 10

“Sinopse”: Mini-projeto onde mostro passo a passo o desenvolvimento de um conto utilizando o método para “design” de histórias, snowflake. Mostrarei desde o primeiro passo, resumir a história em uma frase, até a escrita do conto propriamente dita.

Para entender sobre o projeto leia a primeira postagem.

Última parte do quinto passo do método snowflake. Desta vez, um resumo do ponto de vista de um dos vilões, Jequiá. Sendo este o ultimo personagem a ganhar uma “sinopse”.

=============================================================================

Iteração 5 – Parte 4

Assim que Revan roubou a chave da Última Torre de uma dos cofres da biblioteca, Jequiá ficou sabendo. Quando o ex-guardião tentou fugir, Jequiá soube para onde ele se dirigia. Já fazia tempo que Jequiá ouvia sussurros em sua mente, murmúrios de vozes cavernosas ou cristalinas, ele soube desde o início que era o Castelo quem falava com ele, que requisitava os seus serviços. Havia aguardado por muito tempo por uma grande tarefa, antes disso fazia apenas pequenos serviços para a entidade que abrigava a todos da Encruzilhada e, quando Revan roubou a biblioteca, recebeu a sua chance.

Continuar lendo

Mini-Projeto: A Última Torre – Parte 8

Para entender sobre o projeto leia a primeira postagem sobre ele.

Agora a segunda parte do quinto passo do snowflake. Dessa vez, fiz uma “sinopse” baseada no ponto de vista do castelo.

========================================================================================

Iteração 5 – Parte 2

O Castelo

 A encruzilhada era um lugar interessante. Os humanos ali ficavam em uma rota movimentada, em um local de fácil acesso para várias áreas adjacentes. Até mesmo tentavam organizar algo que existia no lado de fora, um reino. Tinham um Rei, até, embora não fosse ele quem mandava. Quem mandava no lugar eram os tais sábios, os bibliotecários, eles detinham todo o conhecimento que passava pelo lugar, pegavam todos os livros. Dizia para todos que eram contra O Castelo, que queriam derrotá-lo, quando na verdade apenas escondiam informações das outras pessoas, escondendo o que eles sabiam, esperando que o Castelo lhes desse alguma atenção. Particularmente, O Castelo não dava a mínima, achava engraçado aqueles homens, mas isso era tudo. Queria apenas ser um Castelo de verdade e acabava colaborando, ou fazendo o que era esperado, porque isso estava dentro da noção de um reino. De forma que a biblioteca aos poucos passou a parecer uma biblioteca e a sala real uma sala real.

Continuar lendo

Mini-Projeto: A Última Torre – Parte 6

Para entender sobre o projeto leia a primeira postagem sobre ele.

Quarto post sobre o mini-projeto, fim da terceira iteração. Para ler a etapa anterior: Mini-Projeto: A Última Torre – Parte 4

Aqui a segunda parte do quarto passo do método snowflake. Em uma rápida retrospectiva, esse passo basicamente se resume a expandir o parágrafo feito na segunda etapa em mais ou menos quatro parágrafos, tentando tomar no máximo uma página. No post anterior, havia os dois primeiros parágrafos, neste, os dois últimos.

Iteração 4 – Parte 2

Ao chegar na planície, primeiro Revan fica maravilhado com aquela extensão, aturdido, por alguns instantes acha que está fora do Castelo, no entanto, logo percebe a presença do Castelo a seu redor. Apesar de estar numa planície, pode encontrar corredores pedregosos no meio do nada, salões vazios, pilares que nada sustentam. Ele imagina que ali podem estar testes do Castelo. Conforme vai andando, ele percebe que as coisas parecem um pouco vivas, paredes mudam de coloração, ou ruem desmoronam com a sua passagem, arcos e pedras de construção aparecem onde não haviam. Até que, aos poucos, começa a precisar enfrentar criaturas de pedra polida, golens enviados e comandados pelo Castelo. No fim de todo seu trajeto, avista a Torre ao longe, após um rio, e para atravessá-lo precisa enfrentar seu antigo colega Jequiá, agora um agente do castelo. Quando derrota Jequiá, ele se transforma em pedra, aprisionando sua espada, além de lhe causar um ferimento fatal.

Continuar lendo

Mini-Projeto: A Última Torre – Parte 5

Para entender sobre o projeto leia a primeira postagem sobre ele.

No quarto passo do método Snowflake, volta-se ao desenvolvimento da história em si. Esta etapa baseia-se basicamente em expandir o parágrafo feito no passo dois em parágrafos distintos, separando um para cada parte do romance (ou conto, como nesse caso). O autor do texto em que me baseei diz para dividir em quatro parágrafos, cada um terminando em uma “catástrofe”. Particularmente, creio que cada história pode pedir uma divisão diferente, então minha sugestão pessoal é: dívida em quantos parágrafos achar necessário, tentando fazer mais ou menos “partes” do que vai escrever, mas não tome mais do que uma página. Se não chegar até uma página, não tem problema também.

Iteração 4 – Parte 1

Os sonhos sobre a Última Torre acompanharam boa parte da vida de Revan, no entanto, só quando ele já está com quase cinquenta anos ele entende a real importância dela. Descobrindo as mentiras que são contadas pelos sábios, ele consegue roubar a chave para os portões da lendária torre e foge. Perseguido por túneis labirínticos, lutando por sua vida e por sonho, ele foge de seus antigos companheiros e compatriotas. Com ferimentos e cansado, consegue escapar de seus perseguidores e, em um salto de fé, livra-se de sua armadura e se joga para uma morte quase certa. Mas sobrevive.

Continuar lendo

Mini-Projeto: A Última Torre – Parte 4

Para entender sobre o projeto leia a primeira postagem sobre ele.

Quarto post sobre o mini-projeto, fim da terceira iteração. Para ler a etapa anterior: Mini-Projeto: A Última Torre – Parte 3

Houve muitos “não se sabe”, “acreditasse” e outras incertezas. Mas acho que é interessante para ter a noção de que não se tem certeza de quase nada acerca do castelo.

O nome do personagem

O Castelo

O Castelo que devora o mundo

Aqui.

Um resumo de uma sentença sobre o histórico do personagem

Um castelo mágico ou profano que possui vontade própria e pouco a pouco se expande, absorvendo o mundo e os seres ao seu redor.

Continuar lendo