Projeto Steamlesspunkless A – Semana 19 – Crise de fé e a segunda parte do livro

Período: 03/12/2012 – 09/12/2012

Acho que a semana correu naturalmente, ou pelo menos algo parecido. Escrevi as paginas que precisava escrever, trabalhei no mini-projeto da Última Torre e até mesmo tive uma idéia nova para um jogo de tabuleiro/guerra civil voltado para guerras. Acho que o único problema mesmo foi que eu percebi ser bastante cansativa a semana que tenho que passar 1500 palavras para o PC. Não se isso é natural ou por que eu estava bastante distraído. De qualquer forma, quase consegui toda a meta semanal, só ficou faltando umas 800 palavras.

Liek dis

Nesse período, consegui completar o capítulo 21. O que me leva a oficialmente começar a segunda parte do livro, deixando para trás tanto a primeira parte quanto o “interlúdio” em que os personagens estão na Taverna do Trapeixe. Sinceramente, não gosto muito dos capítulos desse interlúdio, embora existam partes interessantes. Creio que o problema esteja no conjunto deles e em um medo meu de que esse momento do livro esteja chato para caralho.  Tem também a questão de que tive que lidar com partes sentimentais de diversos personagens, principalmente de Sares, que é garota e, para piorar, adolescente. Deu trabalho e eu não sei se está forçado ou não.

Continuar lendo

Projeto A – Semana 11 e 12 – Achievement Unlocked

Depois de uma semana desgraçada, com direito a febre, apresentação na semana de iniciação científica e mau humor, tenho que dizer que, além de ter sobrevivido (embora ainda com febre), eu consegui escrever mais de onze mil palavras. Dessa forma, conseguindo o fabuloso achievement de escrever 20.000 palavras em um mês. Talvez quem participe do Nanowrimo olhe para essa marca e pense “Ha, bichinha, escrevo 50.000 em novembro”, no entanto, além de escrever duas dezenas de milhares de palavras no Word, escrevi umas 100 páginas no caderno, dois contos completamente novos, uns cinquenta anos da cronologia de meu mundo, avancei no conto gigantesco em que estou trabalhando e ainda comecei a escrever as ideias para um cenário pós-apocalíptico Diesel Punk.

Eu escrevi insanamente e agora usarei o meme do Freddie Mercury.

Acho que já usei alguma vez, mas to nem aí.

Bom, em relação ao Projeto A, como vocês provavelmente não lembram, no último post mencionei que havia terminado os capítulos do “grupo 2” em relação à primeira parte do livro. Tendo terminado isso, comecei a trabalhar nos capítulos do “grupo 1” e tive um bom desenvolvimento. Escrevi dois capítulos (9 e 10) que ficaram bem legais (tem lutas!) e comecei um terceiro (o 13) que é penúltimo antes de eu dar por terminada essa etapa do livro.

Continuar lendo