História Não Publicada – Capítulo 2 – Parte 2

Para entender melhor este projeto, clique aqui

Para ler o primeiro capítulo, aqui

– Olha aqui, deixa eu te mostrar…

Movimento errado. Não tinha ideia sobre porque resolveu tirar a porra da arma do bolso e mostrar para o Músico. Mais tarde se perguntaria porque não continuava enrolando como estava fazendo, podia fazer qualquer coisa, menos mostrar um revolver, perigoso e letal, para quem já tivera sua vida ameaçada e estava com nervos em frangalhos. Tudo por uma história melhor. Bom, agora iria ter que fazer alguma coisa.

– Baixa essa desgraça! – Emílio voltou a seu estado alerta.

– Calma, calma porra!

Abriu o tambor da arma de fogo com uma paciência que não imaginou que tivesse e tirou as três capsulas vazias.

– Está vendo isso aqui? Três tiros. Três pessoas. Três mortes. Caralho, três mortes.

Jogou uma das capsulas para o chão.

– Um desconhecido que jogou uma porra de uma faca em mim. – Não ousou arriscar o gesto de apontar pro próprio rosto – Ta vendo essa marca em minha testa? Foi o cabo, não a lâmina que acertou. “Kaka”. – Sorriu um sorriso enviesado.

Continuar lendo